Maternidade e Carreira: os desafios da dupla jornada de trabalho

 

Os desafios da dupla jornada e um mercado de trabalho que ainda tem muito a se desenvolver


Quando você é mãe, antes mesmo do nascimento do bebê, já é possível sentir as dificuldades de um mercado de trabalho que ainda tem muito a melhorar.

A verdade é que, depois de ser mãe, as mulheres se tornam funcionárias ainda melhores, mais responsáveis e as que mais têm inteligência emocional para lidar com equipe.

Infelizmente, parte do mercado de trabalho ainda acredita que ser mãe é o último cargo que uma mulher pode ter na vida.

E não é bem assim.

Tudo começa dentro de casa

O primeiro passo para ter sucesso nessa dupla jornada é ter um alinhamento dentro de casa. Conte com a sua família para ser o suporte que você precisa.

É preciso existir um consenso sobre a divisão de responsabilidades com o bebê. Essa repartição de tarefas faz com que os cuidados do bebê sejam descentralizados de mãe.

Dessa forma, será possível contar com alguém que pode levar o bebê em uma consulta, revezar os dias em que cada um pega a criança na creche, entre outras tarefas.

 

O papel do diálogo

Quando se trata de conceitos enraizados na nossa cultura, é preciso falar, explicar e mostrar a realidade.

Em uma entrevista, quando confrontada com a clássica pergunta “você tem filhos?” não perca a oportunidade de complementar sua resposta.

Junto com o “sim”, fale sobre sua disponibilidade de tempo, sua rede de apoio, sua qualificação profissional e sua vontade.

São coisas que ainda precisam ser justificadas na cabeça de quem vê a maternidade com um empecilho.

Sendo assim, por via das dúvidas, é melhor sempre reforçar o seu ponto durante a entrevista.

Já para as mulheres que já trabalham, o diálogo também é essencial.

Chame seus superiores em uma conversa. Explique suas dores e fale sobre seus recursos.

Mostrar sua preocupação e sua preparação para lidar com a maternidade e com sua carreira é um diferencial.

 

Esteja preparada

Um dos argumentos acima tem a ver com a sua qualificação profissional.

Quanto melhores os argumentos, menos você terá que provar que consegue. Afinal, nós temos certeza que sim, você consegue mesmo!

Você é completamente capaz. O objetivo aqui é mostrar isso para os recrutadores e/ou superiores a você na empresa.

Dentre os argumentos, o mais forte de todos é o seu nível profissional.

É sabido que, dentre todas as características de uma pessoa, suas qualificações serão sempre as que se destacam em um processo seletivo.

 

O currículo como aliado

Além da rede de apoio, seu melhor aliado será um currículo forte, daqueles que nem abrem brecha para julgamentos e achismos.

Sabemos que isso também é difícil!

Conciliar trabalho, maternidade e ainda uma vida ativa nos estudos pode ser exaustivo.

Por isso indicamos os cursos técnicos como a melhor alternativa.

De menor duração, porém, com mais conteúdo. É assim que definimos esse tipo de curso.

Perfeito para quem não tem tempo de sobra, mas não quer abrir mão da qualidade de ensino, os cursos podem ser feitos até mesmo à distância, para você conseguir conciliar seus horários.

Essa bagagem educacional é reconhecida pelo mercado há tempos. Os recrutadores valorizam profissionais preparados e reconhecem o peso de um currículo recheado.

Por isso, nossa dica é: fortaleça sua rede de apoio, recheie seu currículo e esteja pronta. Não vai ser fácil, mas você terá tudo que precisa para conseguir!

Conheça nossos cursos técnicos.

Publicado em
Leia outros textos sobre Blog
Itinerario Formativo

ESCOLHA O CURSO CERTO PARA SUA CARREIRA

O itinerário formativo vai ajudar a planejar sua carreira profissional. Escolha os caminhos que deseja percorrer, e alcance novas oportunidades com os cursos do Senac/MS!

PLANEJE SUA CARREIRA AGORA