Um novo profissional para o novo normal

 

O que o mercado de trabalho espera dos profissionais que sobreviveram aos desafios de 2020 e como suprir as expectativas das empresas em 2021.

Sobrevivemos! Por mais que parecesse que esse ano não acabaria nunca, chegamos aos últimos dias de 2020. Ao invés de causar alívio, a sensação que fica é: 2021 está chegando e temos muito mais pela frente. Você sente que está preparado para ele?

De toda forma, o que não dá para negar é que este ano nos ensinou muito. Hoje, fazem parte da nossa rotina termos que muitos nem conheciam como pandemia, isolamento social, quarentena, lockdown e, talvez, o mais recorrente: novo normal.

Se você viveu 2020 como a maioria das pessoas do planeta, certamente já se deparou com esse termo. A forma de viver mudou e o mundo, provavelmente, não voltará a ser o mesmo. O ponto é: essas mudanças impactaram em todos os aspectos da nossa vida. Hoje, a forma de se relacionar mudou, a forma de se comunicar está diferente. Com isso, a forma de estudar e trabalhar também foram afetadas.

Quando se fala de novo normal, temos uma certeza: o profissional antigo não tem espaço. Para um novo mundo, nasce também a necessidade de um novo profissional. Mas fique tranquilo e venha entender do que esse novo profissional precisa para se destacar em 2021.

 

O tal do novo normal

Começando do começo, primeiro precisamos entender do se trata o tão falado novo normal. “Normal”, em seu mais puro significado, quer dizer “comum, aquilo que se torna padrão”. Estamos tratando de um novo padrão, uma nova forma de se fazer as coisas daqui em diante.

Na vida, quando passamos por algum trauma ou alguma dificuldade, nunca saímos dessas situações do mesmo jeito que éramos antes. Pense nisso em escala mundial. É assim que nasce o novo normal. Foram mudanças drásticas e medidas preventivas para desacelerar a propagação da covid-19 e seus danos, mas que não são passageiras. Elas vão deixar suas marcas.

E não se trata apenas das adaptações que precisamos fazer para conviver com o vírus: o novo mundo vai além da máscara e álcool 70. Estamos falando de uma aceleração de 10 anos em 1, a digitalização das coisas para ontem e uma nova forma de se viver a vida que durará para além da pandemia.

Se tudo mudou, todos nós também mudamos. Cada um está passando pela pandemia de uma forma diferente. Entre ganhos e perdas, certamente você, hoje, não é o mesmo do começo deste ano. Para uma estrutura social completamente diferente e um mundo que não pensa mais com a mesma cabeça, existe também a demanda de um novo profissional.

 

Para um novo normal, o novo profissional

Há tempos se discute a demanda do mercado por profissionais especializados tecnicamente, mas que também tenham conhecimentos e habilidades suficientes para agregar às necessidades da empresa. Falava-se também sobre o profissional do futuro, mas a vida é cheia de surpresas e o novo normal trouxe para o presente a urgência por profissionais que sejam mais protagonistas, autodidatas, propositivos, solucionadores e multifacetados.

As mudanças rápidas e a crise exigiram de empresas e profissionais foco, determinação e inteligência emocional suficientes para entender o cenário de crise e atravessá-lo. Estamos mais conectados, mais ágeis, mais responsivos e responsáveis. E assim também deve ser o profissional que busca construir uma carreira daqui em diante. Percalços vem e vão, mas é o nosso posicionamento diante deles que faz a diferença.

Mas então, o que as empresas esperam de você agora?

O grande ponto de virada das organizações nessa pandemia foi a transformação digital forçada. Mesmo que muitas empresas já estivessem em processo de mudança de processos e cultura para o lado digital das coisas, a obrigatoriedade do isolamento social fez com que isso se tornasse urgente.

Independentemente da sua área de atuação e do nível hierárquico, todo profissional deve se manter atualizado sobre a existência de ferramentas tecnológicas que possam ser utilizadas para melhorar a forma como o trabalho é desempenhado.

Além disso, é preciso se manter informado. Os cursos técnicos, livres e a distância podem ajudar e muito a se destacar como um profissional que não parou no tempo e não deixou as adversidades tomarem conta. Essa postura pessoal em um momento como esse reflete diretamente na forma que você, enquanto profissional, será visto.

Além da veia digital e tecnológica, do conhecimento e do interesse em informações, o novo profissional vai se destacar também por suas habilidades comportamentais, também conhecidas como soft skills.

 

O que são soft skills?

As soft skills podem ser entendidas como competências comportamentais que um profissional deve ter para assumir certo cargo dentro de uma empresa. São consideradas atributos pessoais que, junto do conhecimento técnico, fazem parte de um pacote de habilidades do colaborador.

O mercado de trabalho está ficando cada vez mais saturado e competitivo. Logo, é nessa questão que as soft skills fazem toda diferença em um processo seletivo. São habilidades que temos e servem como propulsoras das conhecidas como hard skills: habilidades técnicas.

Sendo assim, um grupo de 15 pessoas pode ter feito o mesmo curso e adquirido o mesmo conhecimento técnico, mas são as soft skills, junto com toda a bagagem intelectual que cada um carrega, que vão diferenciá-las entre si.

Vale dizer que não existem soft skills erradas ou certas. Cabe à empresa decidir quais são as habilidades comportamentais que fazem sentido para ela ou não. Porém, se tratando de uma pandemia e tudo que vivemos nos últimos tempos, nós listamos três competências comportamentais que diferenciam os profissionais tanto no durante, quanto no pós-pandemia:

1 – Inteligência Cultural
Como falamos anteriormente, com os avanços da globalização e da tecnologia, a população mundial está conectada de inúmeras maneiras aos quatro cantos do planeta. Com o mundo na palma das mãos e a um clique de distância, fica mais fácil acessar as culturas de todo o Brasil, bem como do mundo.

Saber lidar com tanta pluralidade é uma habilidade que vai se tornar cada vez mais necessária no futuro. Seja aprendendo novas línguas, costumes de outros povos e até mesmo as suas peculiaridades. É uma oportunidade de se desenvolver pessoalmente e também profissionalmente.

2 – Gerenciamento de Tempo
Vivendo em constante mudança, com avanços na tecnologia acontecendo a todo momento e rotinas de trabalho conturbadas, a habilidade de saber lidar com o tempo se torna uma necessidade para os profissionais pós-pandemia.

Com recursos reduzidos de empresas que estão se recuperando da crise, o acúmulo de funções, tarefas e responsabilidades é uma realidade na rotina de trabalho dos colaboradores. Esse é mais um motivo para ser de extrema importância que o profissional saiba gerenciar o seu tempo. Nesse sentido, a priorização de tarefas e demandas destaca o colaborador que sabe gerir seu tempo.

3 – Inteligência Emocional
Em tempos de home office, o trabalho foi para dentro de casa e, às vezes, pode não ser o colega de quarto mais agradável. Problemas surgem a todo momento, isso é um fato. Por isso, separar o pessoal do profissional é algo de extrema necessidade e, muitas vezes, pode ser uma tarefa complicada, mas possível.

Com inteligência emocional, o indivíduo fica mais capacitado e se sente confiante para lidar com sentimentos e emoções inesperadas. Sendo assim, consegue equilibrar as diversas emoções, dentro e fora do trabalho. Essa é uma característica que as empresas procuram cada vez mais.

Além das habilidades técnicas, comportamentais e do conhecimento sobre o que o mercado espera, o novo profissional também deve se planejar.

 

Como se planejar em tempos incertos?

É difícil pensar em futuro e traçar planos quando aprendemos que não se sabe o que pode acontecer. Reinfecção e segunda onda são temas que ainda causam insegurança em relação ao ano que se inicia, mas ainda assim, planejamento é extremamente importante!

Para saber como planejar seu sucesso profissional para o próximo ano, nossa principal dica é investir nos estudos e se manter atualizado. Você pode conferir 4 motivos para voltar a se especializar em 2021 e também dicas para chegar lá e alcançar seus objetivos clicando aqui.

Agora que você tem todas as ferramentas para alcançar seus sonhos em 2021, é hora de pegar tudo que falamos até aqui e traçar o seu planejamento para o ano que vem. Escreva seus objetivos, tanto pessoais quanto profissionais, afinal, ambos andam juntos.

Pense onde você quer estar a essa altura do ano que vem e em coisas que você quer conquistar. Isso vai te ajudar a se manter motivado! Ao mesmo tempo, trace pequenas metas e objetivos alcançáveis porque assim você consegue cumprir eles aos poucos e não fica com aquela sensação de que o seu sonho está longe demais. Planeje em pequenos passos e você chegará lá!

Confira nossa agenda de cursos para o primeiro trimestre de 2021.

Lembre-se: você é o dono do seu futuro!

Publicado em
Leia outros textos sobre Blog, Sem categoria
Itinerario Formativo

ESCOLHA O CURSO CERTO PARA SUA CARREIRA

O itinerário formativo vai ajudar a planejar sua carreira profissional. Escolha os caminhos que deseja percorrer, e alcance novas oportunidades com os cursos do Senac/MS!

PLANEJE SUA CARREIRA AGORA