Empreendedorismo feminino em alta: Saiba como iniciar o seu negócio

 

As mulheres são a maioria da população brasileira (51,4% – IBGE) e a maioria nas universidades, portanto, representam a maior parcela de profissionais com diploma. Entretanto, ainda encontram muitas dificuldades para conquistar cargos mais altos em empresas – das 250 maiores do país, apenas 4% apresenta mulheres entre os principais executivos.

Assim, com poucas oportunidades nas empresas e em busca de crescimento profissional, muitas mulheres abrem seu próprio negócio – elas representam 52,2% dos empreendedores do país. De acordo com a pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio-MS (IPF-MS) e o Sebrae/MS, que traçou o perfil da empreendedora de MS, a maioria das empresárias é microempreendedora individual (70,7%), tem filhos (80,6%) e fatura até R$ 5 mil por mês (58%).

A pesquisa aponta ainda que as as sul-mato-grossenses empreendem em primeiro lugar pela possibilidade de renda, em segundo devido a um sonho e em terceiro, para conciliar o trabalho com a família. Entre os maiores desafios apontados pelas empresárias estão as diversas atribuições das mulheres; a discriminação de sexo; a baixa confiança e crença em seu potencial empreendedor; e a falta de apoio dos familiares.

Dicas para ter sucesso no seu empreendimento

1) Identificar o talento

Fazer autoanálise, descobrir o próprio talento e saber sua missão é fundamental. Muitas mulheres acabam indo para um segmento diferente do que gosta por achar que pode escolher a mesma coisa que alguma pessoa conhecida escolheu. Antes de definir em que investir é preciso se perguntar “Eu posso fazer isso? Eu consigo fazer isso? De quantas pessoas eu preciso para trabalhar?” para poder fazer a escolha correta.

2) Estude o mercado e prepare-se para a gestão da empresa

Antes de começar a concretizar o seu sonho, são necessárias muitas horas de pesquisa e de leitura. Entender o funcionamento do mercado de atuação é fundamental para empreender. A Internet pode ser uma grande aliada na tarefa de levantar as informações necessárias por meio de pesquisas direcionadas. Fazer parte de encontros, grupos de mulheres empreendedoras, se cercar de pessoas que têm conhecimento e são da área, buscar networks e cursos sobre o assunto, também são ótimas opções.

3) Tenha um bom um planejamento

Não é por acaso que o planejamento é considerado um dos primeiros passos para ter o próprio negócio. A estrutura da empresa, a organização dos processos, a rotina administrativa e a divulgação devem ser definidos antes de começar a operar.

Além disso, colocando no papel e na calculadora itens necessários e custos com instalações, equipamentos e contratação de serviços e funcionários, você pode chegar a um bom planejamento financeiro da empresa. O famoso plano de negócios é uma ferramenta muito útil nesse processo, para ajudar a responder algumas questões e montar a empresa descrevendo o empreendimento e suas as operações.

4) Cuidar da imagem

Atrelar a sua imagem ao produto, conectar-se com o cliente, faz muita diferença na hora de empreender. Busque seu talento, mas invista na sua aparência, postura e forma de se comunicar.

5) Ganhar antes de gastar

Ter cuidado com os custos é fundamental para não ter prejuízos financeiros no começo do negócio. É necessário ganhar primeiro para gastar depois. Essa dica pode ser óbvia, mas esse é o erro que muitas pessoas cometem e acabam confundindo faturamento com lucro, por exemplo. O faturamento é todo o dinheiro que a empresa ganha com a venda de seu produto e serviço, enquanto o lucro é o que o empreendedor efetivamente ganha.

Confira a pesquisa da Fecomércio, na íntegra, aqui:.

Publicado em
Leia outros textos sobre Blog, Comércio, Gestão
Itinerario Formativo

ESCOLHA O CURSO CERTO PARA SUA CARREIRA

O itinerário formativo vai ajudar a planejar sua carreira profissional. Escolha os caminhos que deseja percorrer, e alcance novas oportunidades com os cursos do Senac/MS!

PLANEJE SUA CARREIRA AGORA