Dia das Crianças: confira algumas dicas para faturar com a data

 

A chegada do Dia das Crianças representa mais uma oportunidade valiosa para ampliar as vendas em um curto intervalo de tempo. É a terceira melhor data para os lojistas, perdendo apenas para o Natal e o Dia das Mães.

Mas aproveitar todo o potencial dessa ocasião é uma tarefa que exige planejamento e ações estratégicas. O portfólio de produtos precisa estar alinhado com a data, seguindo condições comerciais competitivas.

Não são apenas os pais que compram presente para comemorar o Dia das Crianças. Os dois maiores presenteados, segundo pesquisa do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio-MS (IPF-MS) e do Sebrae-MS, serão os filhos (46%) e os sobrinhos (15%).

A pesquisa aponta que o Dia das Crianças, comemorado em 12 de outubro, deve injetar R$ 131,93 milhões na economia de Mato Grosso do Sul este ano, um aumento de 1,34% em relação a 2018. Desse total, R$ 97,18 milhões (74%) serão em presentes e R$ 34,74 milhões (26%) em comemorações. Em relação a 2018, a movimentação com presentes terá um crescimento de 9%, já as comemorações terão redução de -15%.

A pesquisa mostrou ainda que 87% dos que vão presentear realizam alguma atividade de lazer ou interação com a criança na semana das comemorações, com destaque para as atividades ao ar livre (23%; +12 p.p.).

As compras ocorrerão na semana do evento (70%), utilizando o dinheiro ou cartão de débito como forma de pagamento (81%) e com pesquisa de preço (71%). Os presentes preferidos pelos compradores serão brinquedos (47%), roupas (24%) e calçados (7%).

Quem quiser se destacar nas vendas precisa focar no produto, que para os entrevistados será o principal elemento levado em consideração no momento da compra (33%;+3 p.p.), seguido pelo preço (29%) e atendimento (22%).

Confira outras dicas para preparar seu negócio e vender mais:

1 – Vitrines atraentes
Apresentação é a alma do negócio. Por isso, invista em vitrines bem coloridas, com o cuidado de evidenciar os lançamentos dos produtos que deverão ser mais vendidos, como brinquedos, roupas e acessórios infantis. Aposte em cores fortes nas vitrines. Balões, animais de pelúcia, adesivos e cartazes são super bem-vindos.

Que atrair a criançada? Invista em degustação de pipoca, balas ou algodão doce. A depender do negócio, vale a pena colocar serviços como pintura de rosto, música animada e presença de personagens infantis que os pequenos amam.

2 – Bom atendimento
Uma questão importante é preparar corretamente a equipe de atendimento, pois, se a equipe não estiver preparada para atender todos, provavelmente muitos desistirão da compra. Qualificar os profissionais ou contratar temporários é essencial para o consumidor ter uma experiência de compra positiva. E vale lembrar que o atendimento é levado em conta na hora da compra, segundo a pesquisa da Fecomércio-MS (22%).

3 – Estratégia
Além do bom atendimento e de vitrines chamativas, algumas estratégias podem ajudar ainda mais a lucrar às vésperas do Dia das Crianças. A loja deve estar organizada, com produtos divididos por idade, sexo e tipos de produtos. Também, ter alguma atração dentro ou na porta do empreendimento pode chamar mais a atenção dos clientes e instigará a curiosidade das crianças.

Se puder invista em um marketing local, como distribuição de panfletos com promoções e propagandas em jornais de bairro.

4 – Aumentar o estoque
Não adianta ter pessoal treinado, propagandas com descontos, oferecer maiores lançamentos e não conseguir suprir a demanda dos últimos dias que antecedem a data. Uma alternativa para esse problema é propor um trato com seus fornecedores para trocar mercadoria que sobrou por outros produtos após o Dia das Crianças.

5 – Facilite o pagamento
Em datas comemorativas, geralmente as pessoas costumam gastar com mais de um presente e, às vezes, fazer investimentos um pouco maiores. Por isso, tudo o que aliviar o peso no bolso do consumidor será um ponto positivo. Parcelamento, boleto bancário, pagamento para 30 ou 60 dias… Veja até onde a sua empresa lhe permite ir, pois quanto mais ajuda oferecer, mais o cliente vai querer comprar com você.

6 – Preço também é marketing!
Pode até não parecer, mas o preço do seu produto ou serviço também é uma estratégia de marketing. Você deve dar uma atenção especial a isso e precificar os produtos ou serviços oferecidos adequadamente. Isso é importante porque o preço pode ser o fator que levará sua empresa ao sucesso ou ao fracasso.

7 – Divulgue-se!
Não adianta fazer todas as ações listadas anteriormente e deixá-las escondidas. Você, seu comércio, suas promoções precisam aparecer para as pessoas. E como a mídia tradicional é cara e, na maioria das vezes, inviável para os novos empreendedores, a Internet é sua maior aliada! Já fez a sua fanpage no Facebook e/ou um perfil no Instagram? Além disso, o E-mail Marketing pode ser uma boa alternativa para engajar seus clientes atuais e atrair novos.

>> Confira a pesquisa na íntegra aqui.

Publicado em
Leia outros textos sobre Blog, Comércio
Itinerario Formativo

ESCOLHA O CURSO CERTO PARA SUA CARREIRA

O itinerário formativo vai ajudar a planejar sua carreira profissional. Escolha os caminhos que deseja percorrer, e alcance novas oportunidades com os cursos do Senac/MS!

PLANEJE SUA CARREIRA AGORA