Você sabe o que é Comfort Food?!

 

Sabe aquela comida que na primeira garfada te leva de volta à sua infância ou te lembra algum momento do passado? Isso é comfort food!
Continue lendo para saber mais sobre essa tendência. ;D

Todos nós temos aqueles dias em que nada parece dar certo, e é nesses momentos que vem aquela vontade específica de uma comida que te transporte para outro lugar e que te faça lembrar de momentos felizes e reconfortantes. Nessa hora nada melhor do aquele prato que sua mãe fazia, aquele doce de vó… refeições que te deem um abraço seguido de um “vai ficar tudo bem”.

Esse tipo de comida recebeu o nome de comfort food, ou comida afetiva em português, e se tornou um nicho de mercado bem rentável dentro da gastronomia. E não são apenas aqueles pratos de família, pode ser algo que te lembre da escola, da sua infância e até de pessoas queridas. Os negócios especializados nesse tipo de refeição mais caseira, usam a nostalgia como tempero para servir pratos que matam a fome e dão aquela sensação de “coração quentinho”.

Mercado do comfort food

Cada país e pessoa tem seus pratos que podem ser considerados comidas confortáveis, desde um arroz com feijão, strogonoff, macarronada e até receitas tradicionais de família. Mas não é por isso que esse estilo de cozinhar não possa ser explorado pelo mercado gastronômico. Com a correria do dia a dia, as pessoas acabam tendo uma alimentação com baixo valor nutricional e é nesse nicho onde o comfort food cresce, atendendo o público que quer comer bem e se sentir mais próximo de casa, apesar de todo stress da vida moderna.

O strogonoff é a comfort food em comum de vários brasileiros. Qual a sua comida confortável?

Hoje em dia, até os shoppings vem abrindo espaço para estabelecimentos especializados em comidas afetivas e confortáveis, e a grande indústria de alimentos e bebidas também entendeu que além do sabor, esses novos consumidores buscam um sentimento dentro do prato. Nos EUA, onde o conceito de comfort food surgiu, existem sucos prontos que apelam para o “sabor caseiro”, “feito com carinho”, para despertar nos consumidores a impressão de um alimento ou bebida menos industrializado.

Mas não é apenas o sabor que compõe o comfort food, o ambiente onde os pratos também são importantes.  A rede de doces Amor aos Pedaços investiu em reformas no ano passado, tudo para que os seus clientes se sentissem mais “em casa” e, consequentemente, mais afetivos na hora de comer algum dos produtos. O visual mais aconchegante, com poltronas, cadeiras confortáveis, revisteiro, ajuda a construir o conceito do comfort food e garante o sucesso do empreendimento.

Gostou desse conteúdo?

Separamos 5 páginas sobre esse assunto que você precisa acompanhar para aprofundar seus conhecimentos e ficar ainda mais por dentro dessa tendência. É só clicar para acessar:

Publicado em
Leia outros textos sobre Blog, Gastronomia
Itinerario Formativo

ESCOLHA O CURSO CERTO PARA SUA CARREIRA

O itinerário formativo vai ajudar a planejar sua carreira profissional. Escolha os caminhos que deseja percorrer, e alcance novas oportunidades com os cursos do Senac/MS!

PLANEJE SUA CARREIRA AGORA