Especialização Técnico em Enfermagem do Trabalho

Objetivos

Ao oferecer este curso, o Senac pretende propiciar uma especialização técnica aos profissionais Técnicos em Enfermagem, e tem por objetivos:

  • Desenvolver competências profissionais que favoreçam a laborabilidade;
  • Redefinir o perfil do Técnico em Enfermagem e suas habilidades específicas;
  • Estimular este profissional da Saúde a aplicar princípios éticos e legais da profissão, visando o respeito ao paciente e o atendimento às normas de biossegurança.

Perfil Profissional

O Especialista Técnico em Enfermagem do Trabalho é o profissional com formação Técnica em Enfermagem que atuará, por força de lei, em empresas públicas e privadas ou em órgãos oficiais, como integrante dos serviços especializados em engenharia de segurança e medicina do trabalho, co-participando com o enfermeiro no planejamento, programação, orientação e execução das atividades de enfermagem do trabalho, nos três níveis de prevenção, integrando a equipe de saúde do trabalhador.

Para atender às necessidades inerentes à sua função, o Especialista Técnico em Enfermagem do Trabalho participará com o Enfermeiro na elaboração de projetos e aplicar análises de prevenção de doenças relacionadas ao trabalho, incluindo estratégias de controle e sugerindo mudanças necessárias para identificar riscos que possa resultar em doenças ocupacionais além de auxiliar a elaboração e execução de projetos para investigação sobre saúde do trabalhador, para promover a educação na prevenção de acidentes, de doenças ocupacionais e de treinamento relacionado à prevenção da saúde do trabalhador.

O Especialista Técnico em Enfermagem do Trabalho dominará o contexto legal da sua prática profissional, informando e orientando pessoas sobre os riscos de doenças ocupacionais e profissionais existentes e apresentando meios, técnicas e treinamentos adequados à prevenção e controle.

Como integrante da instituição desenvolverá suas atividades profissionais participando no desenvolvimento de programas voltados para grupos de risco (hipertensos, alcoólatras, obesos, diabéticos, etc) e em trabalho familiar de forma integrada e ética, em equipes multidisciplinares de saúde e segurança do trabalho e com demais profissionais envolvidos nos ambientes da empresa/instituição.

O Especialista Técnico em Enfermagem do Trabalho deverá apresentar bom relacionamento interpessoal, responsabilidade, iniciativa, senso de observação acurado, capacidade de autogestão e autocontrole. A sua prática profissional estará pautada na observação dos princípios éticos e legais da profissão, no respeito ao cliente, à equipe multidisciplinar, nas normas de biossegurança e segurança no trabalho.

Pré-Requisitos

Para matrícula no curso, o candidato deverá ter concluído o ensino médio e ter o Diploma de Técnico em Enfermagem – Área Profissional Saúde – Educação Profissional Técnica de nível médio.
Módulos

Carga horária total: 362 horas

MÓDULO: ENFERMAGEM DO TRABALHO

Blocos:

- Aspectos da Segurança do Trabalhador;
- Saúde do Trabalhador;
- Organização do Serviço de Saúde do Trabalhador;
- Educação em Enfermagem do Trabalho Projeto de Acompanhamento da Saúde Aplicada ao Trabalhador.

Documentos Necessários para Matrícula

Original e cópias dos seguintes documentos:

- Carteira de Identidade
- CPF
- Comprovante de conclusão 2º grau
- Certidão de nascimento ou casamento
- Comprovante de endereço
- Diploma de Curso Técnico em Enfermagem

As inscrições para o curso serão efetuadas conforme calendário da Unidade do Senac/MS, que poderá admitir processo seletivo, quando julgar procedente, aplicando instrumentos que avaliem as competências básicas ao desenvolvimento do curso.

Neste caso, será formada uma comissão, composta pela Coordenação Pedagógica e dois docentes, para elaboração, aplicação e avaliação das provas, que abrangerão os seguintes componentes curriculares: Português Básico, Matemática Básica, e Conhecimentos Gerais e específicos do Técnico em Enfermagem. A avaliação das provas será expressa em conceito (Ótimo, Muito Bom, Bom e Insatisfatório), e serão considerados aprovados os candidatos que obtiverem conceito mínimo B (Bom).

As vagas serão preenchidas por classificação, dando-se preferência aos conceitos mais altos. Em caso de empate, será considerado como critério: maior conceito nos Conhecimentos Gerais e Específicos do Técnico em Enfermagem, Biologia, Português Básico, Matemática Básica.

Os candidatos aprovados participarão de uma reunião informativa, onde serão apresentados o programa do curso e a forma de organização do mesmo.

Os alunos com necessidades educacionais especiais poderão ingressar no curso, se após esclarecimentos das competências que deverão desenvolver, relativas ao perfil profissional, se julgarem aptos para tal ocupação.